TELEFÓNICA REALIZA TESTES NO URUGUAI COM PLATAFORMA BLOCKCHAIN PARA MERCADO DE DADOS

TELEFÓNICA REALIZA TESTES NO URUGUAI COM PLATAFORMA BLOCKCHAIN PARA MERCADO DE DADOS

A multinacional espanhola especializada no ramo de telecomunicações, a Telefónica, está testando uma plataforma baseada no Blockchain que permite aos usuários comercializar suas informações pessoais.

A notícia foi anunciada pela empresa Wibson, que oferece uma plataforma descentralizada de mercado de dados que permite aos usuários comercializar informações privadas "validadas", concedendo a devida remuneração. A empresa irá experimentar o serviço para validar a autenticidade dos dados do consumidor.

Em uma primeira fase de testes, a validação dos usuários da filial da Telefónica, Movistar, residentes no Uruguai, será realizada.

TELEFÓNICA OPERA COMO NOTÁRIO PARA DADOS

Numa declaração publicada, a Wibson afirma o seguinte:

 

"A Telefónica servirá como um notário, ajudando a verificar o status dos assinantes da Movistar e os dados associados aos consumidores que operam na plataforma Wibson.

 

A esse respeito, o co-fundador e CEO da Wibson, Mat Travizano, disse que o fato de a Telefónica operar como um notário garante que os dados fornecidos na plataforma sejam autênticos, recentes e de alta qualidade.

Originalmente, a multinacional de telecomunicações possui uma participação acionária na Wibson, uma vez que, no ano passado, realizou investimentos na empresa Blockchain através de sua instituição que apoia as inovações da Wayra, juntamente com as empresas de capital de risco DGG Capital e Kenetic Capital.

MERCADO DE DADOS

Por sua vez, a Wibson lançou sua plataforma de mercado de dados em outubro do ano passado, o que permite que usuários na Argentina, Espanha e Reino Unido utilizem o aplicativo móvel e o token WIB para ganhar dinheiro com suas informações pessoais. Depois que os dados são verificados, as pessoas recebem o respectivo pagamento através da carteira patrocinada pela empresa.

A este respeito, Travizano comentou:

 

"A plataforma e o token da Wibson proporcionam aos consumidores uma maneira fácil de obter lucros a partir dos dados pessoais que geram todos os dias, enquanto eles têm garantias de propriedade sobre as informações fornecidas".

 

Gonzalo Martin-Villa, diretor de inovação da Telefónica, declarou:

 

"A Blockchain não apenas nos permite desenvolver novos modelos de negócios relacionados a dados pessoais. Isso nos dá a oportunidade de adicionar uma camada de confiança às operações e projetar serviços revolucionários".