SÃO LANÇADOS DOIS SERVIÇOS PARA ENVIAR CARTÕES DE NATAL POR MEIO DA REDE ETHEREUM

SÃO LANÇADOS DOIS SERVIÇOS PARA ENVIAR CARTÕES DE NATAL POR MEIO DA REDE ETHEREUM

Duas iniciativas irão aproveitar a rede Ethereum para oferecer um serviço de envio de cartões de Natal, que também é um ato de caridade. Um deles usa o blockchain Ethereum para registrar os cartões, mas só recebe pagamentos com o BTC através do BitPay. Já o outro é composto de fichas colecionáveis as quais uma certa quantidade de ETH deve ser anexada.


BLOCKCHAIN ​​DE NATAL

O primeiro desses projetos para cartões de Natal é chamado de “Christmas Blockchain”. Pensado na Espanha, esse serviço permitirá que os usuários enviem cartões de Natal para seus entes queridos. Esses cartões são registrados na cadeia de blocos do Ethereum e geram um hash exclusivo como prova da transação. Esse hash é entregue a cada usuário que compra o cartão. Como o registro deste blockchain é público, ele pode ser consultado a qualquer momento.

O dinheiro obtido com a venda desses cartões postais é enviado para uma ONG em Madri chamada Voluntechies, que é responsável por oferecer atividades que envolvam realidade virtual para pessoas com deficiência, idosos e crianças em hospitais. Embora os cartões estejam registrados no Ethereum, sua compra só pode ser feita com bitcoins através do BitPay.

Na página “Christmas Blockchain”, os usuários podem escolher, entre quatro designs diferentes, o cartão postal que desejam enviar para o Natal através de um email. Então, eles podem selecionar o valor da doação que enviarão para Voluntechies, que vai de um euro em diante. O Christmas Blockchain foi projetado pelo NWC10Lab, um laboratório espanhol dedicado à pesquisa em contabilidade distribuída.

CRYPTOXMAS

A segunda iniciativa para enviar cartões postais de Natal é o “CryptoXmas”. O projeto permite que os contratos inteligentes da Ethereum sejam utilizados para criar um token não fungível ou colecionável que seja enviado aos homenageados juntamente com uma pequena quantidade de ETH. Cada token é representado por uma imagem projetada por um artista do CryptoXmas. Os fundos que são enviados ao lado de cada ficha destinam-se a cobrir o gás da rede e a doações a 100 mil famílias na Venezuela que receberão US$ 10 cada uma.

Para distribuir as doações, o CryptoXmas trabalha de mãos dadas com as organizações Bitcoin Venezuela e Airdrop Venezuela. Ele também forjou alianças com membros da comunidade de criptografia, como Raiden, Trust Wallet, Maker, entre outros.

Este DApp é construído na plataforma de caridade descentralizada Giveth. Em novembro, a Comunidade de Alunidade Descentralizada (DAC) b4H, também construída em Giveth, canalizou contribuições financeiras para projetos premiados nos prêmios Blockchain4humanity 2018.