REDE DE FUNDOS DE INVESTIMENTO VAI MIGRAR TODO O SEU SISTEMA PARA BLOCKCHAIN EM 2019

REDE DE FUNDOS DE INVESTIMENTO VAI MIGRAR TODO O SEU SISTEMA PARA BLOCKCHAIN EM 2019

A rede de transações de fundos de investimento Calastone - membro fundador do Hyperledger Project, liderado pela Linux Foundation - está transferindo todo o seu sistema para o blockchain. Espera-se que a mudança, para o que está sendo denominado de Infraestrutura de Mercado Distribuído (DMI - sigla em inglês), seja concluída em maio do ano que vem.

Sediada em Londres, a empresa ajuda seus clientes a vender seus fundos em todo o mundo através de bancos e consultores financeiros.

A expectativa é que o movimento transforme radicalmente a forma como os fundos são negociados, especialmente numa era de aumento de custos, criando um mercado global de fundos que permitirá que compradores e vendedores se conectem e façam transações.

A lista de clientes da Calastone é bastante "recheada" e consiste em mais de 1.700 organizações para as quais oferece serviços de back office e até middle office em 40 mercados globais. Para se ter uma ideia, instituições como JP Morgan Asset Management, Invesco e Shroders são alguns para os quais a empresa presta atendimento.

MELHORANDO A EFICIÊNCIA

O movimento da Calastone para adotar a tecnologia de contabilidade distribuída terá mais de nove milhões de mensagens envolvendo transações que são passadas entre várias contrapartes concluídas no blockchain. No momento, o processo envolve o envio de três mensagens separadas - uma para fazer pedidos, uma segunda para assegurar o recebimento do pedido e outra para confirmar o preço.

O processo também é trabalhoso e ineficiente, pois as empresas que vão de gestores de ativos a agentes de transferência precisam inserir os mesmos dados, o que consome tempo, é dispendioso e propenso a erros.

De acordo com a Calastone, a adoção da tecnologia blockchain poderia economizar ao setor global de fundos cerca de US$ 4,3 bilhões em custos anuais fora do mercado dos EUA - já existe um sistema centralizado de liquidação de operações nos Estados Unidos conhecido como Depository Trust and Clearing Corporation.

PRESSÃO DO INVESTIDOR

A redução de custos, que vem ocorrendo num momento em que a indústria está sob pressão dos investidores para reduzir as taxas e controlar as despesas crescentes, será alcançada agrupando os processos de negociação e liquidação.

A pressão dos investidores não é injustificada, já que a indústria de fundos está ficando atrás de outros setores na categoria de serviços financeiros no que diz respeito à adoção de novas tecnologias. De acordo com o CEO da Calastone, Julien Hammerson, o sistema existente não é sustentável:

 

“Os fundos continuam a ser um veículo de investimento vital, embora permaneçam prejudicados pelo aumento contínuo dos custos e ameaças de concorrência, tornando o sistema atual economicamente e operacionalmente insustentável. Através da alavancagem da tecnologia blockchain, a DMI transforma a forma como os fundos são negociados, permitindo uma comunidade de gestão de investimentos que pode atender às necessidades de mudança dos investidores”.

 

Além disso, os investidores estão buscando velocidades de transação e transparência mais rápidas, e espera-se que o DMI melhore a experiência do investidor na cadeia de valor mais ampla.