PRINCIPAL BOLSA DE CRIPTOMOEDA DA ÍNDIA FECHA AS PORTAS

PRINCIPAL BOLSA DE CRIPTOMOEDA DA ÍNDIA FECHA AS PORTAS

A Zebpay, uma das maiores bolsas de criptomoedas da Índia, anunciou o fechamento de todos os serviços de câmbio na sexta-feira, após a proibição do banco central para indústria de criptografia.

Lançada em 2015, a bolsa começou a negociar com um serviço somente de aplicativos que rapidamente se tornou um dos mais baixados no país. Com um modelo conhecido do seu cliente (KYC), o Zebpay atingiu meio milhão de downloads no Android - a plataforma de smartphone mais popular do país - até metade do ano passado. Só para se ter uma ideia, esse número logo dobrou para um milhão em outubro de 2017.

Em seu site, o Zebpay indica que possui três milhões de pessoas usando seus aplicativos para iOS e Android, com suporte para 20 moedas criptográficas e 22 pares comerciais.

Apesar do número de usuários, a empresa agora está parando todos os serviços de câmbio às 16h00, hora local. A medida é uma consequência direta de uma política paralisante introduzida pelo Banco Central da Índia (RBI) para forçar todas as instituições financeiras regulamentadas - incluindo bancos - a oferecer serviços para a indústria nacional de criptomoeda.

 

"A restrição de contas bancárias prejudicou nossa capacidade de fazer negócios de maneira significativa e de nossos clientes. Neste ponto, somos incapazes de encontrar uma alternativa razoável de conduzir o negócio de troca de criptomoedas˜, anunciou a Zebpay.

 

Todos os pedidos de criptografia ainda não executados serão cancelados com todos os tokens a serem creditados de volta nas carteiras dos clientes, conforme acrescentou a organização. O serviço de carteira "continuará a funcionar" para que os usuários depositem e retirem suas moedas. No entanto, resta saber se a carteira ganha apoio ao desenvolvimento no futuro.

No final de junho, o Zebpay alertou que as retiradas fiduciárias poderiam se tornar impossíveis antes da iminente proibição bancária que entrou em vigor em julho deste ano. No dia anterior ao congelamento, a empresa parou todos os depósitos e saques na bolsa. Outras trocas, entretanto, estão encontrando novas maneiras de contornar a proibição.