O REFLEXO POSITIVO DA ALTA NO PREÇO DO BITCOIN PARA O MERCADO BRASILEIRO DE CRIPTOMOEDAS

O REFLEXO POSITIVO DA ALTA NO PREÇO DO BITCOIN PARA O MERCADO BRASILEIRO DE CRIPTOMOEDAS

A recente alta no preço do Bitcoin ocorrida no início deste mês gerou reflexos bastante positivos para o mercado de criptomoedas no Brasil. Logo após a valorização do ativo, o volume de negociação nas exchanges do país aumentou em 500%. E agora, na última quarta, 10, pôde-se comprovar toda essa bonança para nosso setor de criptografia, afinal, foi atingido o recorde na América Latina com mais de 100 mil BTCs negociados em 24 horas.

Conforme já noticiado pelo BTC Brasil, a surpreendente valorização no valor do Bitcoin elevou seu preço acima dos US$ 5 mil, acontecimento que despertou o interesse de investidores brasileiros pelo mercado de criptoativos no país.

EXCHANGES

De acordo com dados das ferramentas Coinmarketcap e Cointrademonitor, o volume de transações nas principais exchanges obteve um crescimento acima de 500%.

O volume de movimentações efetuadas pela empresa Mercado Bitcoin chegou a R$ 33,5 milhões em apenas 24 horas. Ao todo foram cerca de 1.730 Bitcoins, a maior "marca" de negociações da exchange neste ano, segundo sua assessoria de imprensa. Além disso, também houve um grande aumento de clientes e a taxa de novos usuários na plataforma foi a mais alta desde março de 2018.

Já na BitcoinTrade, as negociações saíram de R$ 3 milhões para R$ 17 milhões (entre 01/04 e 03/04) devido à alta do preço do criptoativo, conforme informou seu fundador, Daniel Coqueri. Segundo ele, o número de transações de Bitcoin Cash (BCH) ficou acima de 50% e superou o mês de março inteiro somente nesses três primeiros dias de abril. Quanto à novos usuários, a empresa registrou um crescimento acima de 40%.

As plataformas do Grupo Bitcoin Banco, por sua vez, atingiram recorde em número de aprovação de cadastros durante os três dias de alta no início de abril, o que fez com que a empresa mantivesse um SAC ativo durante 24 horas para dar conta do grande volume.

RECORDE RECENTE

Como consequência do crescimento de movimentações de Bitcoin nas exchanges do país, na última quarta, 10, o Brasil atingiu o recorde na América Latina de volume de negociação com a criptomoeda, registrando mais de 100 mil BTC negociados em 24 horas, conforme dados da ferramenta Cointrademonitor.

De acordo com o índice do site, as principais responsáveis por tal posicionamento do Brasil teriam sido a NegocieCoins e a TemBTC seguidas pelas exchanges Mercado Bitcoin, Bitcoin Trade, BitBlue, bTCBolsa, 3xBit e BitCambio - todas com mais de 100 Bitcoins negociados em um período de 24 horas.




 

Fonte: Criptomoedas Fácil