ÍNDIA PODERÁ LANÇAR SUA PRÓPRIA CRIPTOMOEDA

ÍNDIA PODERÁ LANÇAR SUA PRÓPRIA CRIPTOMOEDA

Pois é. O governo indiano está considerando lançar sua própria criptomoeda. Em breve, um painel constituído pelo Ministério das Finanças da Índia poderá recomendar que o país lance uma moeda digital apoiada pelo poder executivo.

"Estamos avaliando a criptomoeda e o criptografado apoiados pelo governo", disse um alto funcionário do governo, a par das discussões do painel. “E estamos procurando desenvolver e incentivar nossa própria pesquisa e desenvolvimento da tecnologia blockchain”, acrescentou.

O painel do Ministério das Finanças foi criado em dezembro de 2017 sob a responsabilidade de Subhash Chandra Garg - secretário do departamento de assuntos econômicos - para sugerir medidas para regular as criptomoedas. O relatório deveria ter sido apresentado até julho, mas foi empurrado para o final do ano. Um e-mail enviado ao Ministério em busca de confirmação permanece sem resposta.

Seu plano, no entanto, parece estar de acordo com a proposta do Reserve Bank of India (RBI), feita anteriormente. O banco central constituiu um painel multi-departamental próprio e vem estudando a viabilidade de lançar moedas digitais apoiadas pelo governo.

Enquanto isso, o governo e o RBI estão se movendo para reduzir as trocas de criptomoedas por um tempo agora.

O QUE LEVOU A ISSO?

Mesmo em suas reuniões anteriores com as bolsas de bitcoin, os representantes do governo estavam tentando entender de que forma uma moeda digital apoiada pelo poder executivo iria funcionar, conforme relatou uma pessoa da comunidade de criptomoedas a par dos detalhes das reuniões.

 

"Se uma moeda virtual vai ser apoiada pelo governo, ela vai contra o grão inteiro dessas moedas", disse o executivo, pedindo anonimato. "Estes são essencialmente os livros descentralizados, e se o governo ou o RBI está tentando controlá-lo, então ele perde seu significado", argumentou.

 

Nesse sentido, o governo também pode extinguir ou banir a existência de outras moedas digitais caso uma criptocorrência respaldada pelo mesmo realmente for lançada.

Como o RBI, até mesmo o governo não está confortável com as moedas virtuais, embora queira impulsionar a tecnologia blockchain. O poder executivo indiano expressou preocupações de que essas moedas possam ser usadas para lavar dinheiro ou enganar investidores ingênuos. Portanto, está buscando controle.