HARD FORK DO ETHEREUM É REALIZADO COM SUCESSO

HARD FORK DO ETHEREUM É REALIZADO COM SUCESSO

Na noite de ontem, 28, a rede Ethereum processou o bloco de 7.280.000 e, com ele, duas importantes atualizações foram feitas para a Blockchain: a muito aguardada Constantinopla e São Petersburgo.

De acordo com informações publicadas por várias mídias, ambas as atualizações foram implantadas na rede sem qualquer inconveniente, e mais importante, os resultados do processo não levaram a uma divisão do sistema blockchain, o que sugeriria que um importante grupo de usuários voluntariamente decidiram continuar operando a versão mais antiga da rede Ethereum.

As mudanças implementadas na rede prevista em Constantinopla e São Petersburgo fornecem à rede maior velocidade, uma estrutura muito mais robusta e mais acessível para usuários e desenvolvedores. Muitos vêem essas mudanças como a primeira etapa no processo de evolução do Ethereum, que planeja passar a operar sob o protocolo de Prova de Trabalho (PoW) para Prova de Estaca (PoS).

ALGUNS DETALHES IMPORTANTES

Um aspecto importante para esta atualização é que a maior parte da comunidade de mineração e os operadores de nó tiveram que instalar o novo software de cliente para que ele seja atualizado automaticamente com a rede no mesmo bloco (7.280.000), o que impede que existam duas versões incompatíveis do Blockchain Ethereum.

A atualização simultânea dos códigos de São Petersburgo e Constantinopla desativou alguns erros na proposta apresentada para o mês de janeiro, que abrigava vulnerabilidades que os invasores poderiam explorar para extrair fundos ilegalmente.

Em relação ao processo, o CEO da MyCrypto, Taylor Monahan, disse:

 

"Aproximadamente duas semanas antes do Hard Fork, todos atualizamos o respectivo software, mas nenhuma das funções estava habilitada... Processando o bloco 7.280.000, todos ao mesmo tempo começamos a fazer uso das novas propriedades. Desta forma, evitamos que a rede fosse dividida em duas Blockchain que operavam simultaneamente, evitando problemas no processo de consenso".

 

Por outro lado, o principal programador do Ethereum, Lane Rettig, assegurou que havia muita tensão com relação a essa atualização, já que foi a terceira vez que Constantinopla tentou implementar, o que seria o primeiro Hard Fork programado em um período de dois anos. Ele comentou:

 

"Sinto-me aliviado, na verdade, mais do que esperava. Estou muito animado porque este é o primeiro Hard Fork que planejamos para a rede que foi completamente bem-sucedido desde que me juntei ao grupo Ethereum".

 

MELHORIAS NA REDE

A atualização inclui principalmente quatro propostas de melhoria para o Ethereum (EIP), entre as quais uma se destaca em particular, o que garante que a rede não pare de operar antes de implementar o PoS (atraso da bomba de dificuldade).

Embora o processo tenha sido bem-sucedido, os desenvolvedores continuarão monitorando o progresso da rede durante as próximas horas, dias e meses.

Por seu turno, a comunidade expressou seu entusiasmo por este evento em muitos fóruns, pois essas novas mudanças trazem muitas possibilidades para a implementação de Dapps (aplicativos descentralizados) e contratos inteligentes, que implementam novas propriedades que os tornam muito mais mais seguros e fáceis de usar.

Em relação ao preço do Ethereum, os principais mercados registraram ligeiro aumento no valor da moeda digital, que passou de US$ 135,14 para US$ 136,94.