GRAFENO: O SUPER MATERIAL

GRAFENO: O SUPER MATERIAL

Composto por carbono, uma camada muito fina de grafite e com apenas um átomo de espessura, o grafeno é considerado por muitos especialistas um material revolucionário e promissor. E não é para menos, afinal o composto é um milhão de vezes mais fino que um fio de cabelo humano, mais forte que um diamante e pode transmitir sinais elétricos 250 vezes mais rápido que o silício.

Todas essas características em conjunto com algumas outras fazem com que o grafeno seja capaz de provocar transformações importantes e vantajosas em diversos setores, desde o automotivo, passando pela telefonia móvel e roupas esportivas até a área da saúde. E essa realidade não está tão distante no futuro quanto parece. O supermaterial já está reformulando o mundo em que vivemos através de alguns desenvolvimentos, ainda em pequena proporção e teste - pois o grafeno é bem difícil de ser produzido em quantidades industriais - porém enormes em benefício.

TINTA PARA PINTAR O CABELO:

Pesquisadores de uma universidade nos EUA, por exemplo, estão oferecendo folhas de grafeno para tingir o cabelo. Diferente dos produtos químicos vendidos atualmente no mercado, essa nova coloração não é tóxica, é antibacteriana e antiestática, além de ser fácil de usar. A substância pode ser aplicada com um spray.

SUPER JAQUETA:

Outra aplicação interessante do grafeno foi feita este ano pela marca de roupas esportivas Volleback, que lançou uma jaqueta confeccionada com o composto por um custo de US$ 695. Esse valor se deve muito ao processo de fabricação, que é bastante complexo e a raridade do material.  

Para compor a jaqueta, foram aproveitadas as propriedades do grafeno de conservar calor, conduzir eletricidade e repelir bactérias, além de sua espessura extremamente fina (o que não deixou a roupa mais pesada). Todas as mil unidades produzidas foram vendidas em menos de três dias.  

SMARTPHONES:

A Huawei Technologies Co. anunciou recentemente a série Mate 20x, a qual apresenta dispositivos que são resfriados por um sistema de combinação de filme de grafeno e câmara de vapor. Esse mecanismo permite que o celular permaneça ligado e em uso por um longo período de tempo sem prejuízos.

Além deste exemplo, as propriedades do grafeno também já foram testadas para a criação de baterias flexíveis e super rápidas. A Samsung inclusive é uma das fabricantes do ramo que está de olho nestas possibilidades.

CARROS DIFERENCIADOS

Pois é! Até mesmo no setor automotivo é possível utilizar o grafeno. A montadora norte-americana Ford já se atentou para os benefícios do composto e planeja ser pioneira em sua aplicação na fabricação de carros mais leves, resistentes e silenciosos - já que o grafeno também pode reduzir o ruído do compartimento do motor.

Desta forma, foram desenvolvidas peças cuja composição é uma mistura de grafeno com espuma, o que resultou na diminuição de 17% no barulho, uma melhoria de 20% na força e de 30% na resistência ao calor. Os primeiros a receber essas vantagens adicionais serão os modelos Mustang e F-150.

MEDICINA

Outro setor de extrema importância que também pode se beneficiar das características do grafeno é a medicina. Este ano, os cientistas experimentaram o material em condições de microgravidade, para poder analisar seu potencial em sistemas de resfriamento de satélites, e para produzir analgésicos e medicamentos mais eficientes no combate ao câncer.

Além destas, ainda existem muitas outras possibilidades e aplicações que envolvem o grafeno. E, melhor do que saber disso e conhecer algumas delas, é poder contribuir com um projeto que já existe com o intuito de estimular sua adoção.

O TOKEN GRAPHENEUM

O projeto Grapheneum foi elaborado com base em todas essas pesquisas e experimentações realizadas com o grafeno. Portanto, seu objetivo é justamente contribuir para o desenvolvimento de novas tecnologias para tornar as atividades mais sustentáveis e eficientes em diversas áreas, além de fazer parte de uma evolução tecnológica constante através do incentivo às pesquisas com a substância.  

O programa possui um token criado na rede, o Ethereum (Grapheneum GPH), que pode ser adquirido com criptomoedas diretamente no site oficial do Grapheneum ou por meio de giftcard no Mercado Livre e eBay. Quando a compra for realizada, é preciso fazer o resgate nesse endereço do programa na internet. Também é necessário ter uma wallet de Ethereum, porque quando a distribuição dos tokens for iniciada, eles serão enviados para esta carteira.

BENEFÍCIOS DO PROJETO

Você pode estar se perguntando: Mas quais os benefícios "reais" desse projeto?

O programa irá apoiar pesquisas relacionadas ao grafeno. Como? Parte de seus fundos será encaminhada para o desenvolvimento desses estudos e para a elaboração de uma plataforma própria baseada em blockchain para que projetos científicos possam ser expostos, além de unir entusiastas, físicos, pesquisadores, professores e universidades.

A plataforma também irá dispor de um sistema de votos com registros no blockchain do programa para destinar fundos a projetos. O módulo estará disponível para que todos os integrantes possam votar e indicar as pesquisas designadas ao componente. Além disso, os participantes podem ainda elaborar suas próprias campanhas de incentivo e utilizar tokens a wallets específicas e múltiplas.  

Além disso, as patentes de materiais que surgirem de estudos com a plataforma do Grapheneum, terão sua participação, valorizando seu potencial mercado. Os tokens são limitados e terão um papel de muita utilidade na plataforma.

Em resumo, o grafeno é um material que estará presente em praticamente tudo futuramente e já estamos vivendo esta revolução em algumas iniciativas. Acesse o site e saiba mais sobre este potencial projeto:  https://grapheneum.io