GOVERNO DA ARGENTINA INVESTIRÁ EM PROJETOS BLOCKCHAIN APOIADOS PELA BINANCE

GOVERNO DA ARGENTINA INVESTIRÁ EM PROJETOS BLOCKCHAIN APOIADOS PELA BINANCE

O Ministério da Produção e do Trabalho da Argentina anunciou que o país sul-americano está disposto a investir em novas empresas Blockchain em seus estágios iniciais, desde que tenham o apoio da plataforma de intercâmbio internacional Binance.

De acordo com informações publicadas pela agência governamental, o ministério irá destinar até US$ 50.000 para cada projeto relacionado à tecnologia descentralizada da Argentina que receber fundos da Binance Labs através de seu programa de incubadoras, bem como a plataforma de intercâmbio de dados LatamEX.

Aparentemente, o programa foi desenvolvido para ser estendido por um período de quatro anos e o planejado é investir em até 10 projetos por ano, capital que será alocado através do Founder Labs, um acelerador de blockchain que opera localmente.

SOBRE O ACORDO

Este contrato de co-investimento foi assinado depois que a Binance Labs escolheu a capital da Argentina, Buenos Aires, como um dos centros para realizar o que seria a segunda temporada de seu programa de incubadoras para novas empresas.

A este respeito, o chefe da Binance Labs, Ella Zhang, declarou em um comunicado:

 

"Estamos muito animados para apoiar projetos Blockchain, empregadores e desenvolvedores através do nosso programa em Buenos Aires. Esperamos apoiá-los e orientá-los para desenvolver o produto mais adequado para o mercado, para que possamos fornecer acesso à revolucionária tecnologia Blockchain de ponta para resolver problemas locais".

 

CRISE NA ARGENTINA: OPORTUNIDADE PARA BLOCKCHAIN

Embora os preços das principais criptomoedas tenham caído consideravelmente entre 2018 e 2019, afetando muitas empresas em diferentes regiões, a Argentina registrou um grande boom no desenvolvimento de novos projetos no ecossistema Blockchain e na criptografia.

Aspectos como irregularidades perpetuadas pelo setor bancário em detrimento de seus clientes e uma taxa de inflação que ultrapassou 47% no ano passado, criaram um cenário muito favorável para testar os benefícios de novas tecnologias financeiras.

O fundador da Blockchain Democracy Earth Foundation, Sirin Santiago, comentou:

 

"O setor está crescendo muito saudável e está gerando muitos empregos. As pessoas estão usando essas tecnologias para atender às necessidades reais e descobrem que esse ecossistema é muito melhor do que confiar nas medidas implementadas pelo governo".

 

Por sua parte, o principal conselheiro do diretor de pesquisa da Mitch Blockchain, Michael J. Casey, disse:

 

"A crise monetária que a Argentina está vivenciando colocou o governo na necessidade de desenvolver uma estratégia para buscar sua própria estabilidade, na qual eles devem incluir o Bitcoin em parte".