EX-PRESIDENTE DOS EUA FAZ DECLARAÇÃO SOBRE BLOCKCHAIN EM CONFERÊNCIA DA RIPPLE

EX-PRESIDENTE DOS EUA FAZ DECLARAÇÃO SOBRE BLOCKCHAIN EM CONFERÊNCIA DA RIPPLE

“Todo esse negócio de blockchain tem potencial porque é aplicável entre fronteiras nacionais e grupos de renda. As permutações e possibilidades são incrivelmente grandes, mas tudo pode ser arruinado por políticas de identidade negativa e política econômica e social".  

Essa foi a declaração dada por Bill Clinton enquanto participava de uma sessão de perguntas e respostas durante uma conferência promovida pela Ripple esta semana, na Califórnia. Ele disse que a tecnologia de contabilidade distribuída (DLT) tem mesmo possibilidades espantosas por não depender das fronteiras nacionais. Entretanto, alertou que o excesso de regulamentação pode atrapalhar o desenvolvimento da blockchain.

Nesse sentido, o ex-presidente dos EUA sugeriu que a indústria de blockchain e criptomoeda não deveria se antecipar, advertindo que uma mudança rápida demais poderia ampliar as desigualdades financeiras e sociais entre pessoas em mercados desenvolvidos e emergentes. E ressaltou ainda que o blockchain pode evitar a disparidade de acesso que surge com cada nova tecnologia por ter uma natureza descentralizada.

Clinton, que governou a nação norte americana de 1993 a 2001, relembrou o início da tecnologia GPS que foi bastante discutida no decorrer de seu mandato. De acordo com ele, na época havia uma insegurança de que a mesma fosse utilizada para atos criminosos e por terroristas. Um sentimento bastante parecido com o que existe atualmente no que se refere as criptomoedas, que ainda são relacionadas a criminosos.

 

"Você não quer fraude ao consumidor nem financiar empresas criminosas e certamente não quer facilitar a execução de ataques graves de terroristas. Esse é o desafio de cada nova tecnologia."