"CRIPTOMOEDA NÃO É DINHEIRO REAL": NOVO ANÚNCIO DO GOOGLE GERA POLÊMICA ENTRE OS ADEPTOS DAS MOEDAS DIGITAIS

"CRIPTOMOEDA NÃO É DINHEIRO REAL": NOVO ANÚNCIO DO GOOGLE GERA POLÊMICA ENTRE OS ADEPTOS DAS MOEDAS DIGITAIS

Pois é. Parece que o Google está se contradizendo em seu posicionamento sobre a criptomoeda. Ou talvez não esteja. Mas o fato é que foi veiculada recentemente uma propaganda irônica para o gigante de buscas que está dando o que falar entre a classe de ativos nascentes.

O anúncio promove o novo serviço de chamada de tela do Google apresentando a seguinte situação: a personagem Abby observa que a conta de eletricidade de Teddy é "super alta". Então, ele explica que explora criptomoeda, que consome muita energia.

E o diálogo continua:

 

"Criptomoeda? Esse dinheiro não é real ”, diz Abby.

"Sim, eu tenho novidades para você: o dinheiro não é real", responde Teddy.

"Você vai viver essa mentira?", Abby retruca quando o vídeo termina.

 

 

O diálogo é um pouco irônico, considerando que o co-fundador da empresa se interessou pela mineração de criptografia. Há alguns meses, Sergey Brin (hoje presidente da Alphabet, Inc., organização controladora do Google) creditou a mineração ethereum com o auxílio do "boom" da computação. Mais tarde, ele revelou que tinha começado a mineração ethereum com seu filho de 10 anos de idade. Talvez o anúncio estivesse dando um "soco" leve em Brin.

No entanto, apesar do interesse de Brin na criptomoeda, o Google - junto com outras grandes empresas de publicidade, incluindo o Facebook - baniu propagandas relacionadas a moedas digitais no início deste ano, alertando que investimentos arriscados neste e em outros setores financeiros poderiam prejudicar os investidores de varejo.

Entretanto, algumas semanas atrás, a empresa - que recebia quase 39% de todos os gastos com publicidade digital em 2017 - reverteu a proibição dos anúncios de criptomoeda.

Na semana passada, o Google respondeu à crescente ameaça de malware de mineração criptografada ao proibir extensões do Chrome ofuscadas que incluem scripts de mineração. Embora algumas dessas extensões tenham finalidades válidas - como permitir que um usuário doe seus recursos de computador ociosos para minerar moedas para caridade -, desenvolvedores maliciosos também ocultaram scripts de mineração dentro de outras extensões que foram supostamente projetadas para funções completamente diferentes.