COINBASE REALIZA SUA PRIMEIRA OPERAÇÃO OTC A PARTIR DE UMA CARTEIRA DE ARMAZENAMENTO OFFLINE

COINBASE REALIZA SUA PRIMEIRA OPERAÇÃO OTC A PARTIR DE UMA CARTEIRA DE ARMAZENAMENTO OFFLINE

Ontem, 13, o serviço da Coinbase, o Coinbase Custody, concluiu sua primeira operação de balcão (OTC, na sigla em inglês) diretamente de uma carteira de armazenamento a frio (off-line).

De acordo com uma publicação em seu blog oficial, a exchange disse que a transação ocorreu depois que o serviço de depósito de criptocorrências foi diretamente integrado à seção de operações OTC gerenciada pela Coinbase Pro.

O anúncio destaca a importância deste fato para todos os clientes, uma vez que oferece liquidez imediata, ao invés de fazer com que as partes interessadas primeiro removam seus ativos dos endereços "frios" e os transfiram para uma carteira online dentro da plataforma comercial e, em seguida, executem o processo de troca.

Originalmente, a retirada das carteiras offline leva de 24 a 48 horas, e isso abre espaço para mudanças importantes nas condições do mercado.

CONEXÃO ENTRE SERVIÇOS

De acordo com a postagem no blog da Coinbase, a conexão entre esses dois serviços significa que os clientes podem aproveitar os benefícios oferecidos pelas operações de OTC sem a necessidade de mobilizar fundos de carteiras de armazenamento offline. Essa integração surge em resposta a solicitações feitas por um grande número de usuários interessados em operar imediatamente, sem ter que transferir seus ativos dos endereços de custódia administrados pela empresa.

A este respeito, o CEO da Coinbase Custody Trust, Sam Mclngvale, comentou:

 

"O poder comercial enquanto seus fundos estão em bom armazenamento a frio é algo que nossos clientes queriam e com o que eles já têm. A Coinbase oferece a mais alta liquidez criptográfica do mercado, e o acesso a ela de maneira rápida e segura oferece muitos benefícios para todos os nossos clientes".

 

COMÉRCIO MAIS RÁPIDO

Concorrentes próximos da Coinbase na área de custódia de ativos e operações de OTC também realizaram a integração de ambas as funções recentemente, com o objetivo de proporcionar maior liquidez e rapidez às operações comerciais, esperando que os investidores institucionais tenham mais confiança em manter seus estoques de cripto seguros.

Por exemplo, durante o mês de janeiro deste ano, a empresa Genesis Trading fez parceria com a BitGo para que os clientes de ambas as empresas pudessem negociar sem ter que sacar seus fundos das carteiras offline, reduzindo a duração de horas e dias para apenas alguns minutos.

A Coinbase lançou seu serviço de Custódia para instituições em maio de 2018, operando totalmente a partir de junho. Mais tarde, em outubro daquele ano, a bolsa foi aprovada pelo Departamento de Serviços Financeiros de Nova York para operar como custodiante de ativos digitais na cidade de Nova York, que oferece a possibilidade de saldos Bitcoin de armazenamento a frio, Bitcoin Cash, Ethereum, Ethereum Classic, Litecoin e XRP, com a expectativa de incorporar mais opções no futuro.