CINGAPURA: BANCO CENTRAL E BOLSA DE VALORES DESENVOLVEM MÉTODO PARA LIQUIDAÇÕES RÁPIDAS DE ATIVOS SIMBÓLICOS

CINGAPURA: BANCO CENTRAL E BOLSA DE VALORES DESENVOLVEM MÉTODO PARA LIQUIDAÇÕES RÁPIDAS DE ATIVOS SIMBÓLICOS

Parceria que deu certo! Em um avanço de blockchain, o banco central de Cingapura e a principal bolsa de valores do país desenvolveram com sucesso um método automatizado para liquidações rápidas de ativos simbólicos.

Ontem, 11, o governo de Cingapura anunciou o desenvolvimento eficaz de um mecanismo de Entrega versus Pagamento (DvP) - acionado por contratos inteligentes - para a liquidação de ativos simbolizados em diferentes plataformas blockchain.

O esforço conjunto foi construído a partir da tecnologia descentralizada elaborada pelo empenho do banco central para transformar o dólar de Cingapura em moeda digital - apelidado de "Projeto Ubin".

Desenvolvidos com os parceiros de tecnologia Deloitte e Nasdaq, juntamente com a startup de blockchain Anquan, os protótipos DvP "demonstraram com sucesso que as instituições financeiras e investidores corporativos são capazes de realizar a troca simultânea e a liquidação final de moedas digitais simbolizadas e ativos de títulos em diferentes plataformas blockchain", o anúncio confirmou.

Sopnendu Mohanty, diretor de fintech na Autoridade Monetária de Cingapura, o banco central do país, declarou:

 

"Este projeto demonstrou o valor da tecnologia blockchain e os benefícios que ela pode trazer para o setor financeiro no curto e médio prazo. O conceito de tokenização de ativos, bem como outras aprendizagens obtidas a partir deste projeto, podem potencialmente ser aplicadas a um amplo espectro da economia, criando um novo mundo de oportunidades".

 

Além da eficiência operacional aprimorada com riscos de liquidação reduzidos, a automatização bem-sucedida de acordos de DvP com contratos inteligentes também demonstrou a finalização da liquidação, a interoperabilidade entre os interlocutores e a proteção ao investidor conforme um relatório do setor adicionado posteriormente.