CHINA FAVORECE TRON E EOS EM NOVO RANKING DE CRIPTOMOEDAS, MAS REBAIXA O BITCOIN

CHINA FAVORECE TRON E EOS EM NOVO RANKING DE CRIPTOMOEDAS, MAS REBAIXA O BITCOIN

O Centro para o Desenvolvimento da Informação e da Indústria (CCID, na sigla em inglês) da China, divulgou nesta sexta, 22, a 11ª atualização de seu relatório de classificação de projetos de criptografia. O número de projetos avaliados neste mês foi de 35, inalterado em relação ao mês anterior. Duas criptomoedas se destacaram em detrimento do Bitcoin:

 

“Os resultados mostram que as três principais plataformas Dapp do mundo - EOS, Tron e Ethereum - ainda estão entre as três primeiras [e] as pontuações são 155,7, 146,7 e 142,8, respectivamente”, escreveu o centro.

 

Tron estreou no mês passado, substituindo Ethereum como o segundo projeto mais bem classificado. A EOS está no primeiro lugar desde que começou a ser analisada em junho do ano passado. Este mês, o BTC ficou em 15º lugar, abaixo de dois lugares em relação ao mês anterior. O BCH também caiu ligeiramente do 27º lugar para o 31º lugar.

TRÊS SUB-RANKINGS

Todos os 35 projetos de criptografia também foram avaliados com base em três subcategorias: tecnologia básica, aplicabilidade e criatividade.

A tecnologia básica "sub-índice representa 64% do índice total", descreveu o centro, observando que esta categoria "examina principalmente o nível de realização técnica da cadeia pública, incluindo função, desempenho, segurança e descentralização". Os melhores projetos são EOS, Tron, Bitshares, Steem e Gxchain.

“Desde o upgrade de Constantinopla, a eficiência da rede Ethereum melhorou, e o índice de tecnologia básica Ethereum também subiu do 9º lugar para o 6º”, apontou o CCID. No entanto, também foi constatado que, em média, "o índice básico de tecnologia diminuiu ligeiramente em relação ao período anterior".

A aplicabilidade “sub-índice é responsável por 20% do índice total”, continuou a CCID, acrescentando que esta categoria avalia principalmente “o nível abrangente de suporte da cadeia pública para aplicações práticas”. Os cinco principais projetos são Ethereum, NEO, Nebulas, Tron e Ontologia. Ao contrário da categoria de tecnologia básica, o centro disse que, em média, “o índice de aplicabilidade aumentou em relação ao período anterior”.

A criatividade “sub-índice é responsável por 16% do índice total”, e os cinco principais projetos são Bitcoin, Ethereum, EOS, Litecoin e Lisk. Esta categoria se concentra em “inovação contínua na cadeia pública”, explicou o CCID, acrescentando que “os subníveis de inovação de Litecoin, Bytecoin, EOS, Nebulas e Hcash aumentaram significativamente em relação ao período anterior”.  

No entanto, o centro concluiu que, de maneira geral, “o valor médio do sub-índice de inovação diminuiu em certa medida em comparação com o período anterior, indicando que a atividade de inovação tecnológica de cadeia pública global está diminuindo”.