BITIFINEX FEZ PARCERIA COM, PELO MENOS, SEIS BANCOS EM 2018, APONTAM RELATÓRIOS

BITIFINEX FEZ PARCERIA COM, PELO MENOS, SEIS BANCOS EM 2018, APONTAM RELATÓRIOS

Embora a Bitfinex registre um total de operações mensais que excedam US$ 5.000 milhões, a plataforma ainda tem problemas para encontrar parceiros bancários confiáveis.

Depois de quase dois anos desde que a Wells Fargo suspendeu o processamento de saques por quatro bancos taiwaneses que "atuavam" com a Bitfinex, a bolsa ainda permanece entre as 20 plataformas que registram o maior volume de operações comerciais.

Ao discutir os eventos, o ex-chefe de estratégia da Bitfinex, Phil Potter, relatou:

 

"Certamente tivemos problemas bancários no passado, sempre fomos capazes de evitá-los ... abrindo novas contas ... mudando e operando com entidades diferentes, usamos muitos truques, mas estamos em uma situação de gatos e camundongos".

 

Só para se ter uma ideia, aqui está um breve resumo sobre as parcerias estabelecidas pela Bitfinex ao longo do último ano:

CAIXA GERAL E ING

Durante o mês de janeiro de 2018, relatórios publicados alegaram que a Bitfinex foi citada pela Comissão de Comércio de Futuros de Produtos Básicos (CFTC) nos Estados Unidos. O órgão exigiu que para a exchange manter suas operações comerciais, deveria movimentar contas fiat em ao menos seis instituições financeiras diferentes, para o qual foi fixado como prazo o mês de novembro do último ano.

Já no mês de fevereiro do ano passado, uma publicação na rede social do Reddit indicou que alguns clientes da plataforma foram instruídos a fazer os seus depósitos fiduciários através do banco português Caixa Geral, numa conta gerida pela empresa Global Trade Solutions. A comunidade especulou que possivelmente essa conta também estava associada ao Crypto S.P e ao Crypto Capital.

No mesmo mês, o portal de notícias holandês Follow the Money indicou que um porta-voz indicou que um porta-voz confirmou que a Bitfinex tinha uma conta no banco ING na Holanda. Esta foi a primeira notícia que realmente ligou a bolsa a uma entidade bancária de grande reputação após o que aconteceu com a Wells Fargo em 2017.

BANCO NOBRE E HSBC

Por seu turno, durante o mês de maio de 2018, relatórios indicaram que a Bitfinex assinou uma aliança comercial com a instituição financeira porto-riquenha Noble Bank, cujo principal parceiro era o Mellon Bank em Nova York.

Cinco meses depois, a plataforma tomou a decisão de direcionar seus clientes para fazer depósitos fiduciários em uma conta gerenciada pela Global Trading Solutions no HSBC. Outros documentos também afirmaram que a bolsa estava realizando operações com o Bank of Communications, cuja sede fica em Hong Kong. Neste caso, as transações foram feitas através da conta privada da Prosperity Revenue Merchandising Limited, para a qual o Citibank atuou como intermediário.

MAIS DUAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS

Em novembro do mesmo ano, a Bitfinex informou sobre uma aliança comercial com a Deltec Bank & Trust nas Bahamas, indicando que a entidade já possuía em seus cofres cerca de US$ 1,8 bilhão pertencentes à bolsa.

Por fim, no início deste ano, novos relatórios apontavam que a Bitfinex estava operando com a Sackville Bank & Trust Company, sediada nas Ilhas Cayman. Nesse caso, a entidade financeira associada é a CIBC Mellon, que é de propriedade conjunta da CIBC no Canadá e da Mellon nos EUA.

Até agora, não se sabe se a Bitfinex estabeleceu alianças com outras entidades financeiras para manter suas operações comerciais.