BARALHOS DE CARTA COM TEMA DE CRIPTOMOEDAS SÃO CRIADOS PARA PROMOVER SUA ADOÇÃO

BARALHOS DE CARTA COM TEMA DE CRIPTOMOEDAS SÃO CRIADOS PARA PROMOVER SUA ADOÇÃO

A fim de promover a adoção de criptoativos através de jogos de tabuleiro, o usuário do Reddit, Julice Grant, criou uma série de baralhos de cartas dedicados a criptomoedas. As informações começaram a se espalhar nos últimos dias do mês passado na rede social citada.

O jogo se chama Crypto Playing Cards e é inspirado na imagem de quatro criptomoedas: bitcoin, ether, litecoin e neo, para a criação de personagens. Julice comentou numa das publicações do Reddit que a seleção dessas criptomoedas é devido a razões legais de direitos autorais, bem como problemas de cor.

Como está explicado em seu site, a iniciativa de Julice procura conscientizar as pessoas sobre criptomoedas e fazer perguntas sobre elas, com base em coisas simples como um jogo de cartas.

 

"Quer melhor maneira de se familiarizar com criptomoedas do que ver nomes e começar a fazer perguntas? Esse é o objetivo deste baralho personalizado de cartas criptografadas: fazer as pessoas perguntarem, fazer perguntas e objeções, o que, por sua vez, provocarão respostas e interesse".

Crypto Playing Cards

 

Grant é o encarregado do projeto Crypto Playing Cards. Ele está na Suíça, mas os artistas encarregados dos diferentes personagens de cada criptomoeda são de origem polonesa, alemã, americana e vietnamita.

De acordo com o site da Crypto Playing Cards, as remessas durante o Natal serão gratuitas. Entre as opções de pagamento, você recebe criptomoedas como BTC, ETH, LTC, NEO, NANO, XRP e XLM.

Cartões colecionáveis ​​são uma opção que está definindo o padrão na adoção da tecnologia criptográfica, no que diz respeito à indústria de entretenimento. Existem muitas iniciativas de jogos com colecionáveis ​​no blockchain do Ethereum, sob o padrão token não fungível ou ERC-721. Um exemplo disso é o Darkwinds, um jogo com tema de pirata que usa a rede Ethereum para registrar a posse de cada cartão colecionável, representado por um token na cadeia de blocos.

Entretanto, a proposta de Grant não usa nenhum blockchain para registrar a propriedade dessas placas físicas, o que é viável, porque qualquer coisa no mundo físico pode ser representada como um token no Ethereum. Um exemplo disso é a iniciativa da startup KryptoKaiju, que lançou recentemente uma linha de brinquedos de vinil colecionáveis, que podem ser rastreados através da cadeia de blocos acima mencionada.