BANK OF AMERICA ADQUIRE NOVA PATENTE PARA ARMAZENAMENTO DE CHAVES PRIVADAS

BANK OF AMERICA ADQUIRE NOVA PATENTE PARA ARMAZENAMENTO DE CHAVES PRIVADAS

Ontem, 30, o Bank of America (BoA) - uma gigante do setor bancário com sede em Charlotte - revelou que adquiriu outra patente de criptomoeda, continuando seus esforços para avançar no espaço. O motivo: a empresa não quer ficar para trás.

Um documento público divulgado pelo Escritório de Marcas e Patentes dos EUA (USPTO) mostra que a patente atual deve "reduzir o risco" de roubo das chaves privadas dos usuários:

 

“Embora muitos dispositivos possam fornecer evidências de uma violação de segurança (isto é, adulteração física ou não física do dispositivo e/ou dos dados), esses dispositivos não fornecem resposta em tempo real a essas violações, de modo que a apropriação indevida de chaves privadas de criptografia são evitadas. Portanto, existe a necessidade de um meio seguro para armazenar chaves de criptografia privadas".

 

O Bank of America, o segundo maior banco dos EUA, é aparentemente a instituição financeira que possui as patentes mais relacionadas à criptografia do mundo, de acordo com o Relatório de Patentes do Bitcoin. Até agora, o banco recebeu ou solicitou pelo menos 50 registros para blockchain. Ele supera até mesmo a IBM.

O interesse do Bank of America na tecnologia blockchain difere da sua postura pública em relação ao bitcoin e outras moedas virtuais. Sempre se opôs ao bitcoin.

E, embora o documento mencione palavras como "blockchain" e "cryptocurrency", os possíveis casos de uso da tecnologia não se limitam a criptomoedas.

CRIPTOMOEDAS COMO AMEAÇA AOS BANCOS

No início deste ano, a CNBC informou que o Bank of America disse à SEC que o rápido crescimento do espaço de criptomoeda está provocando uma forte concorrência no setor bancário tradicional. Além disso, também declarou que as moedas digitais tornam difícil para os bancos rastrear transações relacionadas a criptografia ou cumprir com os regulamentos.