BANCO CENTRAL DA MALÁSIA DEFINE OPINIÃO FINAL SOBRE EMISSÃO DE CRIPTOMOEDAS

BANCO CENTRAL DA MALÁSIA DEFINE OPINIÃO FINAL SOBRE EMISSÃO DE CRIPTOMOEDAS

Pois é. O banco central da Malásia finalmente tem a última palavra sobre a introdução de novas moedas criptográficas no país.

De acordo com o ministro das Finanças, Lim Guan Eng, o Bank Negara Malaysia (BNM), terá de ser consultado sobre os projetos de criptomoeda, uma vez que a decisão final cabe ao banco apex.

 

“É aqui que desejo aconselhar todas as partes, não importa quem sejam, com a intenção de emitir bitcoins ou criptocorrências, que devem se referir ao Bank Negara, que é a autoridade que terá a palavra final sobre essa nova forma de moeda”, relatou Lim.

 

Ressaltando que o governo não era contra novas formas de moeda, o ministro insistiu que as leis existentes teriam que ser seguidas.

 

"Não faça isso sem as diretrizes do Bank Negara sobre o assunto para evitar fazer algo errado e contra a lei", acrescentou.

 

PROJETO MOEDA HARAPAN

A resposta do ministro das finanças da Malásia veio com o intenso debate sobre a Harapan Coin, que foi denominada como a primeira plataforma política de captação de recursos no mundo a usar a tecnologia blockchain. Durante o debate parlamentar desta segunda, 26, um deputado levantou novamente a questão dizendo que o projeto Harapan gerou centenas de dólares, apesar de não ter recebido a aprovação do BNM.

O "programa" realmente gerou controvérsia na Malásia, com alguns políticos pressionando por isso, enquanto outros pedem cautela. Khalid Samad, Ministro dos Territórios Federais da Malásia, lançou o projeto como uma forma de levantar fundos para o Pakatan Harapan, o atual partido político da malásio, antes das eleições do próximo ano.

APROVAÇÃO BNM SENDO AGUARDADA

Ao lançar o projeto Harapan Coin, Samad indicou que uma proposta estava sendo preparada com o objetivo de apresentá-la ao banco central do país, a fim de obter aprovação regulatória. No meio deste mês, o ministro defendeu o projeto dizendo que as criptomoedas eram a onda do futuro.

 

“O fundador do Alibaba Group, Jack Ma, também disse que (blockchain) é o futuro em termos de tecnologia... Quando nós administramos e usamos bem o produto, este se tornará importante. As pessoas comprariam (a moeda de Harapan) e o valor subiria quando fosse usado para assuntos do governo e outros propósitos”, informou Samad.

 

Críticos da criptomoeda incluíram o ex-primeiro-ministro da Malásia Najib Razak, que pediu aos indivíduos e entidades por trás do "programa" que sejam mais transparentes, a fim de garantir que as massas não sejam roubadas.