BANCAS DE JORNAL EM SÃO PAULO COMEÇAM A ACEITAR PAGAMENTOS EM CRIPTOMOEDAS

BANCAS DE JORNAL EM SÃO PAULO COMEÇAM A ACEITAR PAGAMENTOS EM CRIPTOMOEDAS

Já imaginou poder adquirir o jornal que gosta de ler diariamente ou aquela revista com matérias interessantes com criptomoedas?

Essa já é uma realidade na cidade de São Paulo. A Pundi X - empresa que elabora soluções baseadas em blockchain para transações com criptomoedas - anunciou ontem, 16, a realização de uma parceria com vendedores de duas bancas de jornal localizadas em pontos com grande circulação de pessoas: uma chamada Holanda, que fica na Alameda Santos e a Gazeta, na Avenida Paulista.  

Como fruto do "acordo", os comerciantes receberam máquinas (tipo as de cartão de crédito) denominadas XPOS que permitem a efetuação de pagamentos com criptoativos assim como sua compra e venda. Esse produto é desenvolvido pela Pundi X com o intuito de facilitar e incentivar a adoção das moedas digitais por cada vez mais estabelecimentos.

 

"O comerciante recebe em Reais e, além de não correr riscos e não ter as taxas das operadoras de máquinas POS tradicionais, ainda oferece um meio de pagamento diferente e inovador, que chama a atenção dos consumidores", explicou Pedro Sanches, membro da Pundi X Brasil.

 

No Brasil, o equipamento processa pagamentos em Bitcoin, Binance Coin, Ethereum e Pundi X. Além da possibilidade de utilizar as criptomoedas para adquirir qualquer produto, também é comprar esses ativos digitais por meio da XPOS. A máquina já existe em funcionamento em países como Cingapura, Argentina, Holanda, França, Colômbia, Estados Unidos, Noruega e outros.  

Conforme relatou Sanches, o mercado brasileiro ainda está passando por uma etapa de teste para a Pundi X, em relação a distribuição da XPOS e sua utilização efetiva. Ao longo do tempo, após a resolução de erros e possíveis complicações, a pretensão é ampliar a oferta do equipamento e, consequentemente, do setor criptográfico nacional, vendendo a máquina a todos os lojistas interessados.

 

Fonte: Cointelegraph Brasil