AUTORIDADE TRIBUTÁRIA DA TAILÂNDIA USARÁ BLOCKCHAIN PARA COMBATER A EVASÃO FISCAL

AUTORIDADE TRIBUTÁRIA DA TAILÂNDIA USARÁ BLOCKCHAIN PARA COMBATER A EVASÃO FISCAL

Na luta contra a evasão fiscal, a agência de cobrança de impostos da Tailândia recorrerá à tecnologia blockchain entre outras medidas para combater o vício.

De acordo com o diretor-geral do Departamento de Receita, Ekniti Nitithanprapas, a agência governamental empregará a tecnologia descentralizada para verificar se os impostos devidos foram pagos nos valores corretos. Segundo o Bangkok Post, o blockchain será usado para acelerar o processo de reembolso de impostos pelo departamento que pertence ao Ministério das Finanças do país.

O diretor-geral do Departamento de Receita, indicado para o cargo no início do ano, fez do uso de tecnologias como blockchain e machine learning para a arrecadação de impostos sua prioridade.

TECNOLOGIA BLOCKCHAIN PARA COMBATER A CORRUPÇÃO

Isso está ocorrendo pouco mais de uma semana desde que um seminário organizado pelo Instituto de Justiça da Tailândia abordou o fato de que a tecnologia blockchain poderia ser utilizada para melhorar a transparência e combater crimes econômicos como a corrupção. De acordo com Torplus Yomnak, um pesquisador em questões de corrupção, a tecnologia poderia ser usada em compras governamentais, promovendo transparência e responsabilidade.

 

"Blockchain poderia ser usado para promover a transparência da informação para o combate à corrupção e aumentar o poder de investigação", declarou Yomnak.

 

Para o pesquisador, o blockchain também poderia ser empregado na promoção da boa governança, não apenas no setor público, mas também no privado. Na esfera pública, poderia ser utilizado para garantir que a declaração de bens por funcionários públicos em geral fosse mais transparente.

Esta não é a primeira vez que uma agência governamental ou departamento na Tailândia está planejando usar ou testar aplicações blockchain em suas operações. No início do mês passado, o Ministério do Comércio do país divulgou que estava realizando estudos de viabilidade de blockchain destinados a explorar o uso da tecnologia no registro de propriedade intelectual e finanças comerciais.

TRADE FINANCE E PROPRIEDADE INTELECTUAL

Para o Escritório de Política e Estratégia Comercial - um departamento do Ministério do Comércio - a tecnologia blockchain estava sendo vista como uma solução que poderia cortar custos e acelerar o processo de financiamento comercial, enquanto ajuda nos aspectos administrativos dos direitos de propriedade intelectual. Conforme relatado, o estudo de viabilidade deveria cobrir vários tópicos, incluindo o uso de contratos inteligentes e o registro de propriedade intelectual. Uma revisão da lei de PI também será realizada, além de entrevistas com as partes interessadas.

No início deste ano, a Bolsa de Valores da Tailândia revelou uma plataforma de crowdfunding baseada em blockchain destinada a startups. Apelidado de LiVE, o recurso permite que pequenas empresas obtenham financiamento de investidores institucionais e capitalistas de risco diretamente. Ela foi "desenvolvida com o uso da tecnologia blockchain como uma infraestrutura para empresas participantes se expandirem e se conectarem com alianças futuras”.