ATARI LANÇARÁ VERSÕES EM BLOCKCHAIN DE DOIS JOGOS PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS

ATARI LANÇARÁ VERSÕES EM BLOCKCHAIN DE DOIS JOGOS PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS

A Atari, uma das empresas de videogames mais conhecidas do mundo, associou-se à Animoca Brands Limited - uma subsidiária da Animoca Brands Corporation - para lançar uma versão de tecnologia blockchain de dois de seus games para dispositivos móveis.

O anúncio foi feito pela Animoca Brands na terça, 18, em seu site oficial, no qual explica que ambas firmaram um contrato de licença até março de 2022, que dará à empresa o direito de desenvolver, em uma cadeia de blocos não especificada, novas versões de dois dos mais populares jogos aparelhos móveis da Atari: RollerCoaster Tycoon Touch e Goon Squad.

O RollerCoaster Tycoon Touch é um jogo de simulação de gerenciamento de parque temático que foi lançado em 1999 e tem mais de 19 milhões de downloads; enquanto o Goon Squad foi lançado em 2017 e é baseado em batalhas de cartas contendo personagens. Ambos estão disponíveis para iOS e Android.

 

"A franquia RollerCoasterTycoon é, como muitas das propriedades da Atari, uma verdadeira árvore perene, existindo há duas décadas. Tendo em conta os elementos estratégicos e comerciais desta simulação incrivelmente divertida, é um candidato perfeito para a adaptação blockchain".

Yat Siu, co-fundador e presidente da Animoca Brands.

 

As empresas estimam que estas novas versões dos jogos, baseadas na tecnologia de contabilidade distribuída (DLT), poderão estar disponíveis em todo o mundo no segundo semestre de 2019 (exceto na China, Hong Kong, Taiwan e Macau).

Além disso, eles planejam integrar o uso de tokens não descartáveis (NFT). Um dos protocolos mais utilizados para criar esse tipo de token é o ERC-721, da rede Ethereum; embora não tenham sido oferecidos detalhes sobre o blockchain que será utilizado para esse fim.

Parte da negociação das organizações também incluiu considerações relacionadas à comercialização de videogames. Dessa forma, eles concordaram que a Animoca Brands pagaria à Atari uma garantia mínima de US$ 250.000 contra lucros futuros, pagáveis em ações da companhia. Esta taxa será recuperada com a renda gerada pelos jogos.

Além disso, a Atari terá participação na receita bruta, uma vez que supera US$ 500.000. O edital informa que essas ações estarão sujeitas a um período de bloqueio de nove meses, a ser liberado progressivamente em etapas que se estenderão até 31 de agosto de 2019.

O principal acionista e CEO do Grupo Atari, Frédéric Chesnais, falou sobre essa questão, e destacou a importância de se tornar acionista da Animoca Brands: uma empresa que usa blockchain e inteligência artificial para desenvolver produtos móveis e jogos como The Sandbox, Crazy Kings e Crazy Defense, e que também é o distribuidor exclusivo na China da CryptoKitties.

 

PROGRESSO DO ECOSSISTEMA DOS JOGOS DE VÍDEO

Em fevereiro passado, a Atari anunciou seus planos para lançar sua própria criptomoeda, como parte de um novo projeto que visa construir uma plataforma de entretenimento baseada na tecnologia blockchain. Para essa data, a empresa destacou que a rede em desenvolvimento funcionaria de maneira descentralizada por meio de uma criptografia própria, chamada Atari Token.

Com o avanço dessas novas tecnologias, o setor de videogames é um dos mais interessados na criptografia, cujas ferramentas apresentam um grande potencial para transformar a indústria. Recentemente, a carteira IndieSquare lançou um kit de desenvolvimento de software Unity (SDK), para que os desenvolvedores de videogames incluíssem a opção de receber pagamentos através da Rede Lightning.

Nesse sentido, o diretor executivo da plataforma de troca instantânea de criptomoedas ShapeShift, Erik Voorhees, declarou em agosto que a tendência de criptomoeda para 2019 seria os videogames e seus criptoativos colecionáveis.